Uma daquelas questões


Introdução à escrita criativa - João de Mancelos - Colibri

Uma das coisas que sempre me causou confusão foi receber miríades de convites e informação sobre cursos de escrita criativa e nunca conhecer os formadores. Afinal, se não estamos perante escritores, deveríamos, pelo menos, estar perante críticos, professores universitários da área de letras ou outros relacionados com a escrita, de tal forma que tivessem a capacidade de avaliar o que os alunos produzem de acordo com a sua qualidade e não apenas de acordo com o cumprimento ou não das normas dos processos da escrita criativa. Daí que seja de realçar o primeiro livro português sobre escrita criativa escrito por um escritor (ainda por cima premiado).

2 comentários:

Anónimo disse...

Antes já existiam o "Jogging para escribas", de Rui Zink, o "Manual de Escrita Criativa", do Luís Carmelo, e o "Curso de Escrita Criativa", do Pedro Sena-Lino.

Hugo Xavier disse...

Caro Anónimo, Agradeço imenso a correcção. Aponto apenas que, no caso do Pedro Sena-Lino, creio que ainda não era ainda escritor de ficção quando se aventurou no manual.

Publicar um comentário