Os livros que eu gostaria de ter publicado em 2009 mas foram publicados por outros - (7)


Poe, uma vida abreviada - Peter Ackroyd - Camões e Companhia

Neste ano Poe o mercado português vê surgir uma das melhores biografias do grande génio das letras americanas. E também o menos americano. Poe com a sua preocupação com o passado e as suas consequências no presente e futuro ergue-se como um gigante contra o sonho americano da nova oportunidade. Uma perspectiva sem passado.

A tradução perde um pouco da própria grandeza de Ackroyd que é, para além de um grande biógrafo, um grande escritor, mas acaba por ser uma questão de pormenor numa edição de qualidade.


Obra poética completa - Edgar Allan Poe - Tinta da China

Continuando ainda no ano Poe, é de assinalar esta grande edição, em tamanho e qualidade. Margarida Vale de Gato que, depois do seu tremendo output de traduções na Relógio d'Água, tem vindo a melhorar um nível já de si muito interessante, dando mais tempo às traduções para amadurecerem, ensaia aqui provavelmente a tradução mais difícil da sua carreira e sai-se bastante bem.

Escusado será falar da qualidade da poesia de Poe e da sua tremenda influência a nível internacional (Baudelaire e Pessoa, são apenas dois exemplos). Uma obra imprescindível.


Poemas - Alfred Tennyson - Saída de emergência

E já que estamos em maré de poesia, eis-nos perante um objecto estranho no programa editorial da Saída de Emergência. Ainda assim uma obra a destacar. A poesia romântica inglesa tem sido sempre muito mal-tratada pela edição portuguesa com algumas e boas excepções. Aqui publica-se uma boa selecção dos seus poemas que marcaram uma época e a história da poesia de língua inglesa.

Alfred, lord Tennyson, de quem se celebra em 2009 o 200.º aniversário do nascimento e também o 150.º aniversário da sua visita a Portugal na peugada das viagens de William Beckford, é o mais "mítico" dos poetas românticos na sua temática. As lendas medievais com referência ao território britânico serviram de inspiração a muitos dos seus poemas, acabando por se tornar numa figura de referência para os autores de literatura de fantasia da actualidade.

0 comentários:

Publicar um comentário