Os livros que eu gostaria de ter publicado em 2009 mas foram publicados por outros - (8)


O Japão é um lugar estranho - Peter Carey - Tinta da China

Desde «Oscar e Lucinda» que sou um leitor habitual de Carey. e neste livro apesar de um registo algo diferente não abala o meu gosto pela sua escrita. Acresce a isto que sou um fã de manga e anime - da boa, claro está. E tenho um fraquinho pelo Japão - um daqueles sítios que sempre sonhei visitar. Assim era impossível dizer que não quereria publicar este livro.

Não deixa de ser interessante ver Carey a ter de lidar com uma sociedade muito moderna (a minha namorada diz que eu uso pós-modernidade vezes demais), ele que vive num mundo Maughamiano em termos temporais e temáticos.


Os diários perdidos de Adrian Mole - Sue Townsend - Difel

Porque sempre quis saber como acabaria Adrian Mole. Porque Sue Townsend nunca cedeu ao facilitismo de "acabar bem" e criou o personagem que significa uma geração perdida. Cheia de potencial mas que não se realiza (pelo menos não como quereria). Continua a ser um dos mais brilhantes relatos da realidade britânica apesar de ser normalmente empurrado para as secções de humor ou literatura juvenil


História literária do Porto, através das suas publicações periódicas - Alfredo Ribeiro dos Santos - Afrontamento

Até há pouco tempo nós portugueses éramos muito cheios de nós mesmos, muito auto-importantes mas nesta era da suspeita (cf. livro homónimo de Natalie Sarraute, Guimarães editores), olhamos para o discurso do autoelogio ou do elogio mútuo com uma inveja terrível. No entanto, vasculhar a tremenda biografia da vida portuguesa através da sua imprensa periódica é uma fonte de curiosidades, histórias e, como seria de esperar, lições tremendas para o futuro.

Este livro delicioso é uma história das casas dos livros, dos eventos culturais, das vidas dos escritores (sempre gostei dos livros memorialistas de Júlio Brandão), mas é sobretudo mais um exemplo de um estudo de uma comunidade de leitores e literatos através dos tempos - isto depois de hoje ter escrito sobre o livro «Comunidades de leitura».

0 comentários:

Publicar um comentário